InícioPortalGaleriaRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 [William Carrick] - Grandes Erros (Reformulada)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
William Carrick
Membro recruta
Membro recruta


Masculino
Número de Mensagens : 167
Idade : 20
Localização : Taubaté - SP
Data de inscrição : 24/09/2011

MensagemAssunto: [William Carrick] - Grandes Erros (Reformulada)   Dom 08 Jul 2012, 1:41 pm

Grandes Erros


Prólogo


Boatos diziam que existia um garoto mestiço filho de um demônio com uma humana. De acordo com os contos de um velho sábio de Juno a mãe havia morrido no parto. Com sete anos esse garoto caçava humanos por ordens de seu pai para alimentá-lo com suas vísceras e, quando se não fosse capaz de conseguir alimento suficiente era lançado à masmorra onde era torturado por almas penadas. Ao completar 13 anos ele estava planejando fugir, quando estava tudo pronto... seu pai o esperava ao portão da cidade. Nesta noite a lua cheia brilhava acima, iluminando com sua luz solene, quando tudo começou a ficar escuro e uma névoa negra encobrir toda a região, sufocando o pobre garoto que, por obra de Odin, sua alma ainda possuía uma salvação por possuir a pureza humana, então seu lado demôniaco foi embora, restando apenas um frágil e puro humano.

Pessoa alguma em Midgard sabia o que havia acontecido com o garoto e seu pai, ou se ele realmente existira, mas muitas pessoas ainda tinham medo de sair durante a noite, e outras achavam que ele fosse apenas um folclore e nem ligavam que seus filhos brincassem sozinhos fora de casa.


xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx


09/07/2012
Capítulo 1 - Despertar

- Bom dia! - Dizia uma senhora de aspecto amigável.

A dor em minha cabeça era gigantesca e ela continuava falando:

- Enfim você acordou, aqui é Prontera, a capital de nosso reino. Você foi encontrado nas florestas entre nossa sagrada capital e Geffen.

- Mas.... Hamm.... Onde estou, e há quanto tempo estou aqui?

- Meu querido... Aqui é meu humilde hotel, e trouxeram você aqui há dois anos.

- Dois anos?! Eu estive dormindo por todo este tempo?

Já não sabia o que fazer... Não lembrava quem eu era, nem mesmo se eu tinha um nome o jeito era ver se ela tinha um bom coração...

- Minha senhora... Eu não creio que possuo uma família ou casa para onde voltar, você poderia me abrigar em troca de trabalho? Eu poderia varrer o chão... fazer as comprar do hotel...

Sua expressão automaticamente mudou de amistosa para séria ao olhar ao fundo de meus olhos. O que ela havia visto?

- Está bem, garoto, mas você não vai ficar abrigado aqui, irei cuidar de você. A partir de agora você é meu filho. Meu nome é Elizabeth Ward, você será Joker Ward.

Joker...? A carta do Coringa... Um ser que pode ser tanto bom quanto mau... Útil ou inútil...

Já fazia um ano que eu ajudava com o hotel da Dona Beth e, enquanto estava indo fazer as compras da semana, passei em frente à Grande Catedral, minha cabeça voltou a doer e ao começar a ficar tonto caí no chão... Um bispo me arrastou para dentro do grande salão e me deitoou em cima de um dos bancos.

Ao perceber onde estava senti um impulso de sair correndo daquele lugar no momento em que muitas imagens passaram por minha mente de uma só vez. E ao olhar ao Bispo com os olhos arregalados, saí correndo.

Voltei ao hotel om lagrimas nos olhos, abracei Dona Beth com toda força que consegui e contei a ela que não podia viver com as imagens de tudo que havia feito no passado. Eu havia matado pessoas, até me alimentado das mesmas.
- Meu querido, volte a Catedral, o Bispo Tomas pode te ajudar com isso. Siga o caminho dele e você poderá ser absolvido.

Ao descansar um pouco e limpar meu rosto, voltei para o local sagrado que havia despertado minhas lembranças.

- Bispo! Bispo! Por favor me ajude! Eu sou um ser profano, um demônio, não mereço perdão, me ensine o caminho de Deus por favor!

- Acalme-se filho, o caminho é cheio de pedras e você pode acabar tropeçando. Pense bem antes disso e lembre-se: ninguém é tão impuro a ponto de não poder se arrepender.

Decidi concordar com ele e me tornar um noviço sem esperar nada mais por isso. Continuei minha vida meditando e rezando; ajudando pessoas feridas emocionalmente e fisicamente; e cuidando da Catedral. Até que um dia Bispo Tomas me chamou em sua sala e começou a falar:

- Filho... Creio que está chegando a hora de você dar um passo a mais em Seu caminho sagrado. Mas isso é de sua própria escolha, deseja se tornar um sacerdote?

Meus olhos brilharam de alegria ao menos uma vez na vida ao tempo em que aceitei a sagrada missão.

- Por favor! Me torne um sacerdote!

A partir deste dia meu destino mudaria totalmente...



xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx


13/07/2012
Capítulo 2 - Família

Certo dia fui chamado pela cavalaria para ajudar na recuperação de alguns soldados feridos durante a briga com um tal foragido chamado Gilan. Percebi que nenhum dos soldados estava gravemente ferido, os golpes haviam desviado de seus pontos vitais. Gilan não deve ser má pessoa.

- Noviço!

Um cavaleiro vinha em minha direção.

- Diga...?

- Como assim "Diga...?". Se dirija a mim como senhor, tenha noção de sua pequenês. Por acaso sabe quem sou?

- Ahm... Não, "senhor"?

Ele me olhou ocultando um certo ódio.

- Sou Sir Henry Ward, da Primeira Guarda de Prontera, tenha mais respeito.

- Ward? Seria você, digo, "o senhor", filho de Elizabeth Ward?

- Sim, e como você, verme insolente, sabe disto?

- EU sou o verdadeiro filho de Beth, você a abandonou, ela trabalha dia e noite na idade em que está para conseguir ter uma vida dígna.

Em sua expressão havia arrependimento, culpa e, principalmente, ódio.

- Você devia visitá-la ao menos uma vez. Ela sente sua falta. Fui adotado por ela e percebi que é a senhora mais gentil que já vi.

- Se você já terminou seu serviço vá embora.

Fui embora a passos pesados...


xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx


13/07/2012
Capítulo 3 - Encontro

- Joker Ward, tu deverás seguir este caminho de almas impuras sem se corromper, sem se levar pela ganância e purificando os impuros. Que Deus esteja contigo.

Após estas palavras de Padre Pedro, entrei no local profano que se assemelhava a um cemitério. Zumbis começaram a aparecer, alguns gordos, outros cheios de jóias... cada um demonstrando seu pecado. Com a força divina levei suas almas à salvação.

Todas as almas do local haviam sido salvas. Segui meu caminho até encontrar uma escada indo ao subsolo, não posso dizer que não hesitei, mas mesmo assim continuei em frente. O chão era todo de terra e as plantas do local não estavam mais vivas do que aqueles zumbis. A minha frente estava um dêmonio pequenino com um tridente sorrindo para mim.

- Venha mais perto garoto... hahaha... Não tema... hihihi... Eu posso te dar tudo o que quiser... Dinheiro, mulheres, poder... hohoho... Tudo que eu preciso é que você desista de seguir o caminho de Deus e venha comigo... HAHAHA...

- Vá de retro Satanás! Não preciso de luxúria se possuir Deus no coração.

Continuei seguindo em frente, mesmo com minhas pernas se recusando a andar, e vi um pobre espírito de um antigo espadachim...

- Olá servo de Deus... Eu fui um guerreiro nobre no passado e cá estou, junto com demônios e outros seres... Estou dizendo, aproveite a vida enquanto a tem, não perca seu tempo com estas coisas sagradas ridículas... você irá se arrepender.

Devo dizer que o que ele disse me incomodou, mas devo continuar em frente, se não fizer isso o que farei da vida? Como poderei ser perdoado pelo o que fiz no passado?

- Vá de retro Satanás! Seguirei o caminho divino, pois este é o único que pode nos salvar da impureza do mundo.

Saí correndo, meus olhos já começavam a se inundar de raiva, mas eu tinha que conter a ira, um homem de Deus não pode possuir rancor. Até que me paralisei, à minha frente estava um ser feito de carne e ossos, realmente muito grande, e com uma aura negra que afetava minha sanidade.

- Saia deste caminho agora, volte para seu hotel ridículo e sua vida comum, você não tem nada a ganhar seguindo este caminho.

- Não! Isto é tudo que tenho em minha vida, não deixarei tudo para trás.

- Então morra! Servo de Deus... Eu posso ver o que você terá neste seu futuro, e não há nada de bom...

- Vá de retro Satanás!

Aquelas palavras me incomodaram mais ainda, porém é o que decidi e é o que farei. Por um tempo comecei a sentir uma energia negativa... mas ela estava vindo de mim mesmo... meus pensamentos começaram a mudar... este teste é ridículo... só mais uma bobagem para acreditarem que ser um sacerdote é dificil... Ha, idiotas.

Recuperei minha consciência o mais rápido que pude, eu nunca deveria ter pensado aquilo... Minha energia se esvaía, seria isto parte do teste? Continuei andando, mas... havia um pequeno buraco, onde uma pessoa poderia passar se arrastando, no canto da parede. Aquilo com certeza não era parte do teste. Decidi olhar o que havia ali, para poder avisar ao Bispo Tomas.

Me encolhi o máximo que pude para atravessar a pequena abertura de terra, sujando minhas roupas, ao me levantar do outro lado me deparei com uma garota... não uma simples garota... Cabelos curtos azuis, olhos negros e brilhantes como ônix... Seu rosto demonstrava tristeza e dor.

- Hmm... Olá? Eu sou Joker Ward, estou me tornando um sacerdote, quem é você e o que faz aqui?

Ela me respondeu com uma voz tão doce que me fazia querer fechar os olhos e dormir eternamente.

- Joker Ward...? Eu estou aprisionada aqui... O senhor de todos os demônios capturou minha alma, a única forma de eu sair daqui é alguem ficando em meu lugar...

Isso só podia ser um teste... ou não. Percebi que ela estava chorando.

- No momento meu corpo está no hotel de Juno, quando o Senhor das Trevas atacou nossa casa meus pais foram mortos... Meu pequeno irmão está tentando cuidar de mim, coitado, é tão novo, isto deve ter sido demais para ele.

Neste momento percebi que as outras pessoas também possuem uma vida a qual zelar... Quem merecia ser aprisionado era eu, não ela.

- Vá, cuide de seu irmão e viva a vida o máximo que puder.

- Obrigada Joker, nunca me esquecerei de você...

Seus lábios tocaram os meus e ela desapareceu...


xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx


04/08/2012
Capítulo 3.1 - Rosalie

-William Carrick! Você está atrasado!

Joguei a bolsa com os cadernos em sua barriga enquanto ele não levantava da cama.

-Mas Rose, eu estou cansado...

-Cansado?! Você não faz nada da vida! Vá estudar para ver se você consegue pelo menos não acabar como um mendigo bêbado na rua.

Eu já havia percebido que meu irmão era um garoto brilhante, sempre muito inteligente, mas incrivelmente preguiçoso. Se não fosse algo de seu interresse ele não fazia.

-Você vai até o colégio sozinho hoje? Estou um pouco ocupada...

-Certo! Eu volto para o almoço, não esqueça da minha comida outra vez...

Fechei a porta para que ele não continuasse com o papo.

-Qual era o nome dele...?

Havia me lembrado do garoto que salvara minha alma do sofrimento eterno. Joker era seu nome, o que seria dele agora? Me senti um pouco culpada, mas já se passaram meses, sua chama da vida já deve ter se extinguido.

Sái para ir comprar algumas frutas na feira, porém as barracas começaram a cair e o chão a tremer. - Nunca confiei muito na cidade flutuante - Ao longe, no plano abaixo de Juno, pude ver a grande explosão que foi capaz de sacudir nossa cidade. Nunca havia visto algo poderoso assim. Vários guerreiros se atrapalhavam em pegar suas armas e correr até o local, ao que parecia aquilo havia ocorrido no centro de Morroc.

-Irmã!

William correu para me abraçar , provavelmente foi mandado embora mais cedo devido à explosão.

-Vamos voltar para o hotel, fique tranquilo, vai ficar tudo bem. Isso é algo que nós não podemos evitar.


xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx


16/08/2012
Capítulo 4 - Lembranças

A vida, a morte... Qual a diferença? Enquanto vivos estamos constantemente morrendo, enquanto mortos estamos vivendo em outro lugar.

Eu vago no caminho entre os dois mundos, nem morto, nem vivo, apenas em um plano diferente do original.

Aqui não há luz para me guiar nem sombras para me amedrontar, só há o nada infinito. Não é possível perceber o tempo passando, minha mente se perde conforme este tempo imensurável vai passando..., mas mesmo com a falta de lembranças, aquele rosto não me sai da cabeça. A gartota que salvei do mal.

Com estes pensamentos vêm outros: Dona Beth que me deu amor e guiou minha vida; Bispo Tomas, que me ensinou o caminho divino..., mas nenhum deles vez minha vida ter sentido. Apenas aquela garota.


xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx


10/09/2012
Capítulo 5 - Recomeço

Ando pelas ruas escuras e desertas da noite de Prontera. Vejo um cavaleiro ao longe, de alguma forma sei que seu nome é Henry Ward. Por algum motivo sinto um profundo ódio por ele. Percebo um par de pistolas em meus bolsos, involuntariamente saco-as e atiro contra o cavaleiro.

Ao chegar perto do cavaleiro ferido, ele me olha chocado antes de o momento em que a essência de sua vida se esvai. Uma estranha fome toma conta de mim, começo a beber seu sangue e me alimentar de suas vísceras, me sinto mais vivo.

Vejo uma pequena estalagem e sinto um aperto no peito, feliz e triste... Destruo sua porta com certa facilidade e procuro por alguem ali dentro. Dormindo em uma cama há uma senhora de cabelos grisalhos, seu nome é Elizabeth Ward, saco uma de minhas pistolas e coloco contro sua testa, seus olhos se abriram chocados e puxei o gatilho.

Sinto um impulso de ir a Juno, há uma pessoa da qual preciso me livrar lá.

Devo matar as pessoas que me fazem ter sentimentos humanos. Por que me sinto assim?


xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx


Última edição por William Carrick em Seg 10 Set 2012, 8:24 pm, editado 20 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lukkia
aprendiz
aprendiz
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 19
Idade : 17
Localização : Academia Al-Revis XD
Data de inscrição : 29/03/2012

MensagemAssunto: Re: [William Carrick] - Grandes Erros (Reformulada)   Dom 08 Jul 2012, 4:51 pm

Seu caixão está encomendado, a metralhadora carregada e as facas mais afiadas, impossível.
Já dá para imaginar seu destino se não postar logo, não é Wiru ?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
William Carrick
Membro recruta
Membro recruta


Masculino
Número de Mensagens : 167
Idade : 20
Localização : Taubaté - SP
Data de inscrição : 24/09/2011

MensagemAssunto: Re: [William Carrick] - Grandes Erros (Reformulada)   Seg 09 Jul 2012, 6:11 pm

Up! 1º Cap. pronto.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Eragon Blade
Membro recruta
Membro recruta
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 156
Idade : 21
Localização : Rachel
Data de inscrição : 24/06/2011

MensagemAssunto: Re: [William Carrick] - Grandes Erros (Reformulada)   Ter 10 Jul 2012, 12:30 pm

Boa will o7
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Garbas Legends
Oficial Esmero (Admin)
Oficial Esmero (Admin)
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 250
Idade : 24
Data de inscrição : 25/04/2008

MensagemAssunto: Re: [William Carrick] - Grandes Erros (Reformulada)   Qua 11 Jul 2012, 12:22 pm

Boa fic. Só espero que não tenha que matar alguem do clã para recomer seus orgãos... talvez possa, se for o Rick...

Continue escrevendo, ou cortaremos sus mãos ò.ó

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://esmero.forumeiros.com
Ricky007
Membro recruta
Membro recruta
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 195
Idade : 20
Localização : Possui uma residência no centro de Amatsu
Data de inscrição : 27/02/2011

MensagemAssunto: Re: [William Carrick] - Grandes Erros (Reformulada)   Qua 11 Jul 2012, 9:24 pm

Garbas Legends escreveu:
Boa fic. Só espero que não tenha que matar alguem do clã para recomer seus orgãos... talvez possa, se for o Rick...

Continue escrevendo, ou cortaremos sus mãos ò.ó

Uu obrigado fãs, não precisam me amar tanto assim Very Happy

E boa fic Gustavo ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
William Carrick
Membro recruta
Membro recruta


Masculino
Número de Mensagens : 167
Idade : 20
Localização : Taubaté - SP
Data de inscrição : 24/09/2011

MensagemAssunto: Re: [William Carrick] - Grandes Erros (Reformulada)   Sex 13 Jul 2012, 4:00 pm

Up! Cap.2 postado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
William Carrick
Membro recruta
Membro recruta


Masculino
Número de Mensagens : 167
Idade : 20
Localização : Taubaté - SP
Data de inscrição : 24/09/2011

MensagemAssunto: Re: [William Carrick] - Grandes Erros (Reformulada)   Sab 04 Ago 2012, 7:05 pm

Cap 3 pronto... esse foi só um filler xD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
"Matheus
aprendiz
aprendiz
avatar

Número de Mensagens : 6
Data de inscrição : 04/08/2012

MensagemAssunto: Re: [William Carrick] - Grandes Erros (Reformulada)   Dom 05 Ago 2012, 1:04 am

Muito bom sua fic, li nesse instante e gostei bastante, qual se não tiro olho do pc, para ler sua fic. Muito criativa e qual sem nenhum clichê. Muito bom. Espero o 4º Episódio, ansioso.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
William Carrick
Membro recruta
Membro recruta


Masculino
Número de Mensagens : 167
Idade : 20
Localização : Taubaté - SP
Data de inscrição : 24/09/2011

MensagemAssunto: Re: [William Carrick] - Grandes Erros (Reformulada)   Dom 05 Ago 2012, 8:16 pm

MUITO OBRIGADO! Muito obrigado mesmo ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
William Carrick
Membro recruta
Membro recruta


Masculino
Número de Mensagens : 167
Idade : 20
Localização : Taubaté - SP
Data de inscrição : 24/09/2011

MensagemAssunto: Re: [William Carrick] - Grandes Erros (Reformulada)   Seg 10 Set 2012, 6:41 pm

Reformulando, corrigindo e postando! Fiquem atentos que mais capítulos estão por vir!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: [William Carrick] - Grandes Erros (Reformulada)   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[William Carrick] - Grandes Erros (Reformulada)
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Erros de disparo
» [FS9] Grandes Cargueiros
» BRASIL E SEUS ERROS NOS SELOS EMITIDOS - 1964!!!
» Erros na Filatelia Brasileira
» Erros na filatelia mundial

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Role Play :: Fanfics :: Fanfics Will-
Ir para: