InícioPortalGaleriaRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Crônicas de Lorus

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Engabelorus
Oficial Esmero (Admin)
Oficial Esmero (Admin)
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 137
Idade : 28
Data de inscrição : 22/07/2009

MensagemAssunto: Crônicas de Lorus   Seg 02 Ago 2010, 6:03 pm

Crônicas de Lorus

Prólogo

O mestre chegara em casa, morava em Prontera com seus pais em uma casa comum da cidade, seu pai era um Lorde aposentado da cavalaria de Prontera e sua mãe uma templária, que afastou-se logo quando o filho nasceu, não eram ricos, mas tinham uma boa vida, pertenciam a classe média alta da cidade.

Já era noite quando ele chegou, geralmente só ia em casa para guardar ou levar algum equipamento de que precisasse, mas dessa vez era diferente, trouxe consigo um livro bem grande e pesado mas tinha um detalhe, suas paginas estavam em branco.

Seus pais sempre perguntavam sobre as aventuras do filho, quase não o viam e não podiam acompanhá-lo nas viagens.

― Lorus meu filho! Bem vindo de volta. - Apesar de seu nome ser Engabelorus todos, inclusive seus pais o chamavam de Lorus.

― Pai, mãe, como estão? - O mestre perguntou.

― Estamos bem. - Sua mãe respondeu.

Depois de muito conversarem sobre as aventuras do filho, Lorus disse a eles que dessa vez iria ficar em casa por mais tempo, seus pais obviamente adoraram a notícia. Seu pai, notando aquele livro enorme que ele trouxera, perguntou o que era.

― Como pode ver este livro está em branco, nele eu vou registrar as minhas viagens, estou um pouco cansado de viajar e resolvi escrever sobre o que eu já fiz.

Após uma boa refeição o mestre foi ao seu quarto, estava como o tinha deixado da ultima vez que tinha saído, era espaçoso mas não tinha muitas coisas, basicamente uma cama, um guarda-roupas e uma mesa, o quarto possuía mais duas portas além da que ele tinha entrado, uma dava para um banheiro, em que se apressou para tomar um banho, a outra porta dava para uma sala não muito grande, em que estavam guardados diversos tipos de equipamentos: maças, soqueiras, vestimentas e acessórios, todos com algum tipo de encantamento sobre eles. O mestre era um colecionador, apesar de isso ir contra o desapego material pregado pelos monges sempre dizia que os adquiria para usá-los em combate, o que de fato era verdade.

No dia seguinte acordou cedo, ele mesmo preparou seu café da manhã, seus pais ainda dormiam, após isso foi ao seu quarto, pegou o livro, tinta e uma pena, sentou-se a mesa e começou a escrever...

_________________



Qual classe voce é? http://neskaya.net/quiz/roquiz.php
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Morty Magnum
Agente Esmero
Agente Esmero
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 730
Idade : 20
Localização : Juno
Data de inscrição : 03/01/2010

MensagemAssunto: Re: Crônicas de Lorus   Qua 04 Ago 2010, 5:33 pm

Isso aí! Até que enfim começou a escrever! Vamos ver o que virá pela frente!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Engabelorus
Oficial Esmero (Admin)
Oficial Esmero (Admin)
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 137
Idade : 28
Data de inscrição : 22/07/2009

MensagemAssunto: Re: Crônicas de Lorus   Dom 06 Fev 2011, 1:54 pm

Introdução

Bom, antes de tudo deixe que eu me apresente, sou Engabelorus Leon Sanessen mas sou mais conhecido somente como Lorus e neste livro escreverei sobre minhas viagens.Sou um aventureiro experiente, já vi coisas boas, ruim e estranhas deste mundo que algumas pessoas nunca sonhariam em encontrar. Deixarei tudo o que eu lembrar registrado nesse livro, não sei se isso vai ser de utilidade para qualquer pessoa, mas espero que alguém aprenda algo sobre este mundo caso leia este livro quando eu já não estiver mais caminhando nesse mundo. Não seguirei uma ordem cronológica e nem serei muito específico em dizer quando um fato ou outro aconteceu, simplesmente direi o que e como aconteceu.

Agora, sem mais demora, começa aqui as

Crônicas de Lorus

1. Invasão em Prontera

Uma vez eu e Ryu, um Lorde que conheci na Fundação Esmero uma organização criada por Garbas Legends na qual eu faço parte, posteriormente darei mais explicações sobre esses nomes, estávamos em Prontera na parte inferior da cidade perto do portão sul olhando as lojas dos mercadores da cidade tentando encontrar algo que poderia ser útil, parecia ser um dia tranquilo, estava na parte da manhã e não havia tantos mercadores quanto teria na parte da tarde, estranhamente eramos uns dos poucos aventureiros que estavam ali, tinha alguns aprendizes que acabaram de sair do campo de treinamento, alguns noviços e alguns outros. Estávamos bem distraídos quando algo estranho aconteceu, uma luz vermelha forte começou a brilhar no meio da rua e dela saiu um monstro, era bem grande, suas três cabeças não deixavam duvidas sobre sua identidade, era um Hydrolancer.



Mas como pode um Hydrolancer aparecer no meio da cidade? Existem itens chamados galhos secos que permitem uma pessoa invocar monstros, mas não sei por qual motivo este item não funcionava em cidades; pelo menos era o que eu pensava, desde aquele dia não houve mais nenhuma ocorrência de um caso isolado como esse, talvez eu devesse investigar isso com o pessoal da Esmero, mas isso fica para outra historia.

Quando o Hydrolancer apareceu a confusão se instalou praticamente de imediato, mercadores e aventureiros que sabiam que não tinham nenhuma chance contra o monstro saíram correndo em desespero. Eu comecei a me preparar para lutar e ao olhar para o Ryu ele parecia querer fugir e deixar aquilo com a segurança de Prontera, Lorde Ryu era muito forte, um oponente formidável a meu ver mas também era igualmente preguiçoso, com algum esforço consegui fazer com que ele lutasse, enquanto isso alguns aventureiros tentavam atacar o dragão, que destruía as barracas dos mercadores conforme as arremessava para longe.

―Argh!- O Lorde exclamou — Ele está vindo pra cá!

Não poderíamos lutar com ele com todo aquele tumulto, rapidamente disse a Ryu para atrairmos o monstro para o antigo campo de treinamento dos espadachins.

―Corre pra lá Lorus, pode deixar que eu o atraio até lá.

Antes que eu começasse a correr, o Lorde sacou sua espada, a ergueu acima da cabeça e começou a fazer uns movimentos para chamar a atenção do dragão, parecia que tinha dado certo, ele começou a correr mais rápido... e em nossa direção.

Chegamos ao campo dos espadachins e o Hydrolancer logo atrás de nós, rapidamente conjurei “Benção” e “Aumentar Agilidade” em Ryu e em mim, magias que melhoram a capacidade de combate e a velocidade de quem as recebe. Ryu saca uma espada com a essência de um Petite e logo depois um brilho amarelo envolve seu corpo, dando-lhe agilidade com a lâmina.

O Hydrolancer já vinha para o ataque, Ryu o encarou de frente, todas as três cabeças do dragão o atacaram ainda sob efeito da provocação do Lorde. Enquanto Ryu iniciava seu combate com a criatura, eu comecei a convocar esferas espirituais (com as quais muitos dos golpes de monges necessitam) e prontamente ataquei o dragão. Ao contrário de meu amigo, não tinha uma arma apropriada para usar contra meu oponente, tive que usar uma maça especifica para combater humanóides que eu ganhei como recompensa nas batalhas de Marol, em histórias futuras explicarei essas batalhas com detalhes.

As cabeças do Hydrolancer rugiam e avançavam sobre nós, prontas para estraçalhar o que estiver no caminho. O dragão atacava Ryu com duas de suas cabeças e a outra se voltou para mim. Golpes de espadas e maças atingiam o corpo do Hydrolancer, Ryu usava um ataque chamado “Impacto de Tyr” que atingia todas as três cabeças com um único golpe, enquanto eu usava meus combos e o atingia com vários golpes.

Ryu atacava com ferocidade, até que uma das cabeças o atacou ao que Ryu conseguiu se desviar com facilidade, mas uma segunda cabeça o atingiu logo em seguida, o Lorde foi arremessado até cair em um dos bonecos do antigo campo de treinamento, destruindo-o.

Pensando que tinha derrotado Ryu, a criatura me atacou com todas as três cabeças, consegui desviar de alguns de seus ataques somente para encontrar o mesmo destino de Ryu, com um golpe o Hydrolancer me jogou para longe me fazendo cair no chão.

—Lorus, atacar de frente não vai funcionar! O Lorde gritou. ―Tenho uma idéia!

Ryu novamente começou a chamar a atenção o dragão, chamando sua atenção para ele.

O Hydrolancer avançava em sua direção, com um giro da sua espada, Ryu aplicou um golpe que só ele conhecia.

—Dragão Demoníaco!

Uma cabeça vermelha de dragão estava caída no chão, mas ainda restavam duas.

―Agora Lorus!

Imediatamente saltei sobre Ryu e desferi o golpe mais forte que um monge ou mestre pode aplicar, o Punho Supremo de Asura.

O monstro estava caído, morto, eu e Ryu estavamos exaustos, pegamos a cabeça vermelha cortada como troféu que acabou ficando comigo e está guardada até hoje.

Depois disso ficamos nos perguntando como e porque um Hydrolancer apareceu no meio de Prontera, chegamos à conclusão que alguém poderia tê-lo invocado na cidade, como um outro caso desses ainda não ocorreu nunca ficamos sabendo o que provocou esse acontecimento, e se algum dia descobrirmos o responsável por isso, será retratado nesse livro.

_________________



Qual classe voce é? http://neskaya.net/quiz/roquiz.php
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Morty Magnum
Agente Esmero
Agente Esmero
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 730
Idade : 20
Localização : Juno
Data de inscrição : 03/01/2010

MensagemAssunto: Re: Crônicas de Lorus   Seg 07 Fev 2011, 11:15 am

Ficou legal, gosto de histórias rápidas e diretas.
Mas esse fato aconteceu no jogo mesmo de verdade ou foi Roleplay dos dois, ou não aconteceu?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Engabelorus
Oficial Esmero (Admin)
Oficial Esmero (Admin)
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 137
Idade : 28
Data de inscrição : 22/07/2009

MensagemAssunto: Re: Crônicas de Lorus   Seg 07 Fev 2011, 1:06 pm

Isso aconteceu, o Ryu tinha me pedido pra ir no pvp tastar uma coisa, achamos um Hydrolancer lá e matamos ele.

Aí foi só viajar um poko e pronto, tá feita a história.

_________________



Qual classe voce é? http://neskaya.net/quiz/roquiz.php
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Morty Magnum
Agente Esmero
Agente Esmero
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 730
Idade : 20
Localização : Juno
Data de inscrição : 03/01/2010

MensagemAssunto: Re: Crônicas de Lorus   Seg 07 Fev 2011, 5:57 pm

Que legal, sua fic vai ser toda de fatos que aconteceram mesmo?
Enfim, estou esperando os próximos capítulos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Engabelorus
Oficial Esmero (Admin)
Oficial Esmero (Admin)
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 137
Idade : 28
Data de inscrição : 22/07/2009

MensagemAssunto: Re: Crônicas de Lorus   Qua 09 Fev 2011, 2:43 pm

Na maioria sim

já estou fazendo o proximo capitulo

_________________



Qual classe voce é? http://neskaya.net/quiz/roquiz.php
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Crônicas de Lorus   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Crônicas de Lorus
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [Off] Os Ventos do Inverno (Livro 6 de As Crônicas de Gelo e Fogo) não tem previsão para 2015 e...
» Crônicas de Melty Blood
» As Crônicas de Gelo & Fogo/Game of Thrones
» DÚVIDAS: Cartas com Franquias Mecânicas do Brasil
» [Internacional] O problema das cinzas vulcânicas

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Role Play :: Fanfics :: Fanfics Lorus-
Ir para: